///Os benefícios da massagem para o bebê

Os benefícios da massagem para o bebê

Publicado em Cuidados com o Bebê em 03/03/2016

O toque da mamãe e a estimulação por meio da massagem no bebê amenizam o desconforto das cólicas e dos gases e melhoram a prisão de ventre. A massagem também alivia o estresse do bebê, que pode acontecer por diversas situações, como durante o nascimento dos primeiros dentes ou mudança de ambiente.

Além de oferecer benefícios para o bem-estar do bebê, a massagem intensifica a comunicação afetiva e fortalece o vínculo entre o bebê e a mamãe, o papai, a vovó… Todos podem contribuir para estimular essa relação!

Massagem para relaxar o bebê
Use óleos com aromas suaves durante a massagem, como erva-doce e camomila. Passe o óleo por todo o corpo do bebê com movimentos delicados. Quanto ao tempo, não se preocupe: a mamãe sente quando o bebê está mais tranquilo. Após a massagem, dê um banho para retirar o excesso de produto e coloque o bebê para dormir.

Massagem para amenizar a cólica
Comum nos primeiros meses de vida, a cólica é causada pela imaturidade do intestino do bebê e do sistema nervoso, que controla as contrações. Para amenizar o incômodo, coloque-o com a cabeça para cima em um dos braços; a nuca, as costas e o tronco devem estar apoiados. Com as mãos livres, massageie a barriga do bebê com movimentos circulares.

Massagem para a prisão de ventre
O intestino preso do bebê pode acontecer por diversos fatores, como a introdução da papinha, por exemplo. Ajude o bebê deitando-o de cabeça para cima em uma superfície firme e confortável. Levante e dobre as pernas dele em direção ao abdômen, comprimindo-o algumas vezes. Essa pressão ajuda na eliminação dos gases e das fezes do bebê.