Publicado em Saúde e Comportamento em 09/03/2016

Confirmada a gravidez, a futura mamãe começa a ter uma série de dúvidas em relação ao pré-natal. Uma delas é em relação à bateria de exames que deverão ser feitos durante a gestação. Os exames do pré-natal são indispensáveis para acompanhar o desenvolvimento do bebê e a saúde da mamãe.
O ultrassom ou ultrassonografia é o exame que permite que o obstetra, a mamãe e o papai vejam o bebê dentro da barriga da mamãe. Por isso, é o mais esperado por todos!

Conheça os diversos tipos de ultrassom que a futura mamãe pode fazer:

Ultrassom morfológico: fornece imagens do bebê e possibilita rastrear malformações e síndromes. O exame é feito no primeiro semestre, entre a 12ª e a 14ª semana, e no segundo semestre, entre a 20ª e a 22ª semana.

Ultrassom transvaginal: feito entre a 6ª e a 12ª semana de gravidez. O exame detecta doenças que acometem o útero, como miomas, cistos no ovário, endometriose e câncer.

Ultrassom obstétrico: é o exame mais comum na gravidez e será feito diversas vezes durante a gestação, a fim de confirmar o tempo de gestação (idade gestacional) e acompanhar a evolução do bebê.

Ultrassom com Doppler: verifica o fluxo de sangue e oxigênio para o feto e para a placenta. Também avalia as artérias uterinas, que indicam hipertensão ou pré-eclâmpsia. O exame é feito a partir da 32ª semana de gravidez.

Ultrassom 3D: com a tecnologia 3D, as imagens ficam mais nítidas, por isso dá para ver os detalhes do corpo e do rosto do bebê.

Ultrassom 4D: com as imagens em alta definição é possível acompanhar todos os movimentos do bebê.