Publicado em Fases da gestação em 11/07/2016

A partir da quinta ou sexta semana de gestação, já é possível descobrir se a futura mamãe está esperando gêmeos. O ultrassom também ajuda a identificar se os gêmeos são idênticos (univitelinos), ou seja, formados a partir de um único óvulo e um espermatozoide, ou não idênticos (bivitelinos), formados a partir de dois óvulos e dois espermatozoides. Cerca de dois terços dos gêmeos são bivitelinos, enquanto um terço é univitelino. Na gestação gemelar, pode haver uma (mais comum) ou duas placentas para gêmeos idênticos, ou duas placentas, para gêmeos não idênticos.

Quando a futura mamãe descobre que está esperando dois bebês, as dúvidas sobre a gravidez também passam a ser em dobro. A partir da descoberta, o pré-natal de gêmeos passa a ser ainda mais especial e cauteloso, já que a gestação gemelar necessita de cuidados e avaliações mais específicas. No entanto, apesar das peculiaridades, a gravidez de gêmeos pode ser tão tranquila quanto uma gravidez comum. Durante a gestação de gêmeos, o controle da ansiedade e do medo é importante para os futuros papais, pois o desafio está apenas começando.

Consultas médicas durante a gestação gemelar

A gravidez múltipla, ou seja, de dois ou mais bebês, é encarada como uma gestação especial por parte dos médicos. Portanto, as consultas médicas são de extrema importância para acompanhar o desenvolvimento dos bebês na barriga da mamãe. A consulta mensal é feita até a vigésima sexta semana de gestação. A partir da vigésima sétima, a futura mamãe deverá ter acompanhamento médico quinzenal. Com 34 semanas, o intervalo entre a consulta não deve ultrapassar 7 dias.

 Alimentação da grávida de gêmeos

Ter alimentação balanceada é essencial para as futuras mamães de gêmeos. Por isso, a grávida deve fazer escolhas saudáveis no cardápio, além de beber muito líquido. Lembrando que dietas durante a gravidez não devem ser feitas sem orientação médica, ainda mais quando se trata de gravidez gemelar. Por isso, a futura mamãe não deve hesitar em buscar ajuda profissional para compor as refeições diárias.

Parto de gêmeos

O parto de gêmeos costuma acontecer antes do tempo, em média com 37 semanas de gestação, considerado prematuro. O parto prematuro de gêmeos é mais comum quando os bebês dividem a mesma placenta e a mesma bolsa. Quase sempre o tipo de parto no caso de gêmeos é o parto cesariano. Porém, quando a futura mamãe chega à trigésima oitava semana de gestação e os bebês estão de cabeça para baixo, é possível realizar o parto normal. Ainda assim, os médicos preferem que o nascimento dos gêmeos seja através da cesária, por considerarem a escolha mais segura.