Publicado em Gravidez Pós parto em 22/01/2018

cicatriz-da-mamae-Blog-Lillo

O nascimento do bebê é o momento mais esperado pelos pais. E se por algum motivo a mamãe tiver que ser submetida a uma cesárea, é importante se atentar aos cuidados que serão necessários no pós-parto. A cesariana costuma deixar as futuras mamães preocupadas com a cicatrização do corte, mas com alguns procedimentos simples, é possível ter uma cicatrização rápida e segura. Entenda mais sobre esse tipo de parto:

 

Quando a cesariana é recomendada?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que a cesariana seja realizada quando o parto normal aumenta o risco de complicações, como no caso de grávidas com diabetes ou posição pélvica (quando o bebê está sentado na hora do parto). O Brasil lidera o ranking de cesarianas no mundo. Em 2016, o Ministério da Saúde lançou um protocolo para incentivar o parto normal e reduzir o número de cesarianas desnecessárias no país.

 

Como é feita a cesariana?

Na caso da cesárea, a anestesia utilizada é a raquidiana, que é aplicada na coluna e mantém a mamãe consciente. Já a anestesia geral é usada apenas nos casos emergenciais. Em relação ao corte, a incisão cirúrgica (corte no abdômen e no útero) é feita horizontalmente e atinge sete camadas, permitindo a passagem do bebê. O procedimento é considerado rápido, com duração média de 45 minutos, sendo a maior parte do tempo dedicada ao fechamento do corte. O tempo para retirada dos pontos pode variar, mas costuma ocorrer entre 7 e 15 dias. Converse com seu obstetra para saber os possíveis problemas que podem ocorrer na hora do nascimento. Procure se preparar e se tranquilizar para o parto.

 

Cicatriz cesariana: recuperação e alguns cuidados

Observação: siga SEMPRE as orientações do seu médico.

  • Primeiras semanas: 15 dias de repouso e sem esforços;
  • Higiene: água e sabonete (atenção: é preciso manter a cicatriz bem sequinha);
  • Não utilize cremes ou pomadas na cicatrização sem recomendação médica;
  • Não tome sol na região nos primeiros seis meses, pois a cicatriz pode ficar escura;
  • Procure o médico se a cicatriz ficar vermelha, inchada, quente ou com secreção;
  • Durma de barriga para cima, com apoio nas pernas;
  • Teve febre ou dor? Procure o seu médico imediatamente;
  • A utilização de cinta pós-parto depende da orientação do seu médico. Ela evita acúmulo de líquidos (seroma) na região da cicatriz;
  • Beba líquidos para manter o corpo hidratado;
  • Mantenha uma dieta equilibrada, com fibras, e afaste-se de alimentos gordurosos;
  • Massagem na região: somente quando a cicatriz estiver bem fechada e seca. Consulte o seu médico.