Publicado em A chegada do bebê em 21/05/2016

O momento da volta ao trabalho depois da licença-maternidade é difícil para a maioria das mamães. O maior receio é em relação aos cuidados com o bebê, afinal, cada pessoa tem um jeito, que nunca será igual ao da mãe. Porém, algumas atitudes podem amenizar a angústia da mamãe na volta ao trabalho e deixar a nova fase mais tranquila:

Organize-se!
Prepare uma lista das tarefas do dia, da casa e do trabalho, antes de iniciar qualquer atividade. Dessa forma, é possível identificar prioridades: o que deve ser resolvido no dia, na manhã seguinte ou até adiado para a próxima semana. Não se esqueça de incluir um tempo especial para ficar com o bebê.

Esteja preparada
Faça um estoque de tudo o que seu bebê precisa, já que você não terá a mesma disponibilidade de antes: fraldas, toalhas umedecidas, estoque de leite materno, papinhas, entre outros itens do bebê. Assim, não precisa sair correndo do trabalho para resolver esse tipo de problema.

Encontre uma creche ou babá
Caso opte pela creche, busque recomendações de outras mamães. Caso prefira uma babá, as referências são indispensáveis. Não se esqueça de deixar todas as possibilidades de contato com você ou algum membro da família e, sempre que sentir vontade, ligue para saber como está o seu filho.

Peça ajuda sempre que precisar
Fale com seu companheiro, sua família ou sua melhor amiga; enfim, sempre que sentir necessidade de desabafar ou pedir ajuda, procure alguém. Divida o que está sentindo e não deixe a tristeza tomar conta na volta ao trabalho. Lembre-se de que existem pessoas dispostas a apoiá-la sempre!

Tenha um plano B
É importante se preparar para situações inesperadas. Tenha sempre alguém para ajudá-la no que for preciso, em caso de viagem por conta do trabalho, eventos e até mesmo doenças. Prevenção nunca é demais!

Seja paciente consigo mesma
Talvez você não volte a ser a mesma funcionária de antes. Com a maternidade, você pode se sentir mais cansada e estressada, mas tenha cuidado para isso não prejudicar sua vida pessoal e profissional. Tente encontrar uma maneira de se sentir mais equilibrada: faça algum exercício, inclua um dia da semana para cuidar de você, mesmo que seja apenas um banho relaxante.

Não se sinta culpada
Não existe mãe perfeita. Qualquer mulher pode ser mãe e trabalhar ao mesmo tempo. O importante é aproveitar cada segundo com o seu bebê e manter uma atitude positiva. Converse com o seu filho, diga que você está indo trabalhar, mas contando os minutos para revê-lo no fim do dia. Assim, ambos vão se sentir melhor.