Publicado em Diversão Passeios e Viagem em 08/08/2018

O mês de férias chegou. Muitos papais e mamães aproveitam este período para programar sua primeira viagem com os pequenos, seja para hotéis fazendas, praias ou para a casa de familiares, surgindo assim diversas dúvidas sobre o que não pode faltar na bagagem das crianças.

Viajar com pequenos de três meses a quatro anos exige planejamento e atenção, já que a mudança de rotina, alimentação e mudança de horários podem afetar diretamente na saúde deles. Portanto, respeitar as necessidades dos pequenos é fator essencial antes de sair de casa.

Para te ajudar na hora de preparar as malas, separamos algumas dicas do que não pode faltar na bagagem das crianças e, assim, ter uma viagem tranquila e segura. Veja abaixo!
Informações importantes

– Idade Mínima: recomenda-se que a criança complete 3 meses de vida para fazer sua primeira viagem, já que a partir deste período ela já tomou as principais vacinas necessárias do calendário nacional de vacinação, como a meningocócica C conjugada (contra meningite e outras infecções) e a BCG (contra a tuberculose). Mas, ainda sim, é aconselhável consultar o pediatra para checar se a criança está em boas condições para a viajar.

– Documentação: Para as viagens nacionais, é necessário carregar com o pequeno o documento de identidade (RG) e certidão de nascimento original. Já para as viagens internacionais, o passaporte e o visto (quando exigido) são imprescindíveis.

Planejamento

– Lembre-se: viajar com uma criança requer um planejamento na hora do trajeto. Procure sincronizar o horário do voo com o período de sono do bebê. Se for de carro, faça paradas para alimentação, descanso e para que a criança se movimentarem para liberar a energia acumulada.

– Os kits de segurança e primeiros socorros também são fundamentais. É recomendado levar itens como termômetro, antitérmico, protetor solar, repelente, band-aid, gaze para curativos e remédios que a criança costuma tomar.

– Outra recomendação é escolher um destino que tenha farmácias e hospitais por perto.

– Leve o telefone do pediatra do seu filho para uma emergência.

Preparando a mala

– Comece a preparar as malas com alguns dias de antecedência e vá juntando o que precisa levar à medida que vai se lembrando. Isso ajuda na organização, e evita com que você se esqueça de algo.

– Ao preparar a mala de mão, coloque sempre duas trocas de roupa, fraldas (considere o tempo de viagem e eventuais imprevistos), trocador e lenços umedecidos.

– Inclua também alimentos, como papinha, mamadeira, copinhos e outros líquidos que a criança está habituada.

– Apesar de muitos hotéis e pousadas oferecerem lençóis e toalhas, o recomendado é levar os objetos da própria criança para evitar possíveis problemas de saúde.

– Mantenha na mala objetos que ele usa no dia a dia para evitar agitações na hora de dormir. Naninha, travesseiro e os brinquedos favoritos são alguns dos itens que não pode faltar na bagagem das crianças.

– Antes de pegar a estrada, providencie a cadeirinha do carro e verifique se ela está instalada corretamente.

– Fique atento às mudanças de clima de um lugar para o outro. As oscilações bruscas de temperaturas afetam os adultos e especialmente as crianças.