Publicado em Saúde do Bebê em 21/05/2016

Na primeira infância, é comum CONTRAIR doenças, pois o corpo está em processo de imunização. O sistema imunológico da criança só de desenvolve por completo no terceiro ano de vida. Além da vacinação em dia, a amamentação é forte aliada quando o assunto é proteção do bebê, pois os anticorpos da mamãe são transferidos para o filho. Confira as principais doenças:

Sarampo
O sarampo é uma doença viral, transmitida por meio de gotículas que ficam no ar, como acontece com a gripe. Por isso, locais muito fechados tornam a transmissão ainda mais fácil. Os principais sintomas são: febre alta, manchas avermelhadas no rosto e no corpo, mal-estar e inflamação do nariz e da garganta com catarro. Também pode ocasionar diarreia, vomito e sonolência. O período de incubação dura entre 8 e 12 dias. A vacinação é a maneira mais eficaz de prevenir o sarampo.

Rubéola
Causada por um vírus, a rubéola não apresenta sintomas evidentes em crianças. Os sintomas comuns em adultos são manchas no rosto, no tronco e nos braços, congestão nasal, febre baixa e mal-estar. A vacina contra rubéola é eficiente e deve ser realizada quando o bebê completa 15 meses. Grávidas que não tiveram a doença também devem ser vacinadas contra rubéola. O período de encubação é de 14 a 21 dias.

Catapora
O contágio da catapora acontece por meio do contato com gotículas, assim como a gripe. Os primeiros sintomas são aparecimento de bolhas no corpo, que viram crostas e caem em até três semanas. Essas bolhas causam muita coceira, mas é preciso evitar para não espalhar mais lesões e ocasionar cicatrizes. O período de incubação é de 14 a 21 dias. A melhor forma de prevenção contra catapora é a vacinação em dia.

Caxumba
A caxumba é um vírus transmitido por meio de gotículas, geralmente pela boca, quando entra em contato com objetos contaminados. Por um tempo, a doença passa despercebida, e só fica evidente quando as bochechas incham, em um dos lados ou em ambos. Depois, ocorre febre, dor de garganta, perda de apetite e fraqueza. Não existe tratamento para eliminar a caxumba e a maioria se recupera sem complicações. A prevenção deve ser feita com a vacina tríplice viral (MMR), quando o bebê completa 15 meses. O período de incubação é de 14 a 21 dias.

Coqueluche
Causada por uma bactéria, a coqueluche apresenta sintomas parecidos com o da gripe: congestão nasal, tosse, febre baixa e olhos lacrimejados. Com o tempo, a tosse fica mais forte e acontece prostração. O tratamento da coqueluche é feito por meio de remédios e, em determinados casos, ocorre internação. O bebê deve ser hidratado indispensavelmente com leite materno nesse período.