Publicado em Cuidados com recém nascido em 11/07/2016

Quando o momento mais esperado acontece – o nascimento do bebê –, a mamãe e o papai ficam preocupados com o próximo desafio: a hora de levar o bebê para casa. O frio na barriga é comum, já que os cuidados com o bebê passam a ser de responsabilidade dos papais, sem auxílio da equipe de enfermagem. Quando a família ou amigos se colocam à disposição, a saída da maternidade pode ser mais tranquila, principalmente para os pais de primeira viagem. Caso o pediatra do bebê já tenha sido escolhido, os pais também podem pedir orientações para ele.

Antes mesmo de dar entrada na maternidade, é preciso pensar e organizar a saída do bebê. O mais importante é que o recém-nascido seja transportado da maternidade com segurança. Para proteger o bebê na volta para casa, é recomendado colocá-lo no bebê conforto, que deve ser instalado de costas para o motorista.

Além de preparar o carro e os equipamentos de segurança para a saída do bebê da maternidade, a casa também deve ser levada em consideração. Para preparar a casa para a chegada do bebê, priorize a segurança, retirando objetos que podem provocar quedas, por exemplo. Para ter menos trabalho na troca de fraldas, na hora do banho do bebê e na hora da mamada, principalmente nos primeiros dias em casa, é importante que os itens sejam organizados e guardados em locais de fácil acesso. Tudo deve ser pensado e organizado para facilitar os cuidados com o bebê em casa.

Quem tem um animal de estimação em casa deve saber que ele também faz parte da nova fase da família. A mamãe e o papai podem começar mostrando os objetos que pertencem ao bebê. Quando a criança nasce, um objeto usado também pode ser levado ao animal para que ele sinta o cheiro do recém-nascido. O bichinho não pode se sentir abandonado, pois a sensação de abandono pode levar o pet a associar a criança a algo ruim. Por isso, planejar os cuidados com o pet antes da chegada do bebê é necessário para o bem-estar dele. Não se esqueça de que o contato físico do bebê com o pet deve ser feito sob orientação profissional.